Notícias

23/02/2017Dedo em gatilho, como tratar?

Dr. Carlos Motooka
Dr. Carlos Motooka

O termo popular para a tenossinovite dos tendões flexores vem do fato desta inflamação levar o dedo a dobrar como se fosse apertar o gatilho de uma arma e fica travado nesta posição. Na prática, o dedo em gatilho é uma tendinite nos tendões que dobram nossos dedos. Dr. Carlos Motooka, especialista em mão na Uniorte, completa que a dor ao tentar voltar o dedo para o lugar é uma queixa recorrente dos pacientes, seguida de dor na palma da mão, inchaço e rigidez no local.

O tratamento incialmente é conservador. “Fazemos uso de anti-inflamatórios e analgésicos para alívio da dor e gelo. É importante também repouso para não elevar o estresse na área acometida pela inflamação. Quando necessário, infiltrações com esteroide também podem ser usadas”, descreve.

A cirurgia não é o primeiro recurso, mas quando o problema não encontra solução e passa a incomodar o paciente, ela é o caminho. “O procedimento tem por objetivo aumentar a largura do túnel por onde os tendões passam para que o movimento seja feito de forma facilitada. O túnel bainha do tendão é cortado para esse efeito”, explica Motooka.

Na dúvida, a orientação é sempre procura um especialista para um correto diagnóstico e acompanhamento.

Galeria de Imagens

Convênios