Notícias

11/11/2019Dores nas articulações podem ser sinal de doença reumatológica

Dr. Antonio Demetrio
Dr. Antonio Demetrio

Artrite reumatoide, fibromialgia, esclerodermia (ou esclerose sistêmica). Essas são algumas das doenças reumatológicas que podem causar dores nas articulações. Cada uma tem suas particularidades que o especialista vai avaliar e investigar para chegar ao diagnóstico preciso.

A esclerodermia é uma doença inflamatória que atinge tecidos, ela causa o enrijecimento deles. Há um acúmulo de colágeno e proteína na pele que leva ao espessamento da mesma. “Além disso, a doença pode atingir coração, rins, pulmão e sistema digestório”, completa o reumatologista Dr. Antônio Demétrio. A rigidez articular é um dos sintomas da doença, assim como inchaço dos dedos que também podem ficar arroxeados, chamado Fenômeno de Raynaud. É uma doença rara e crônica (não tem cura) que pode ter seus sintomas amenizados com tratamento. Há diferentes tipos de esclerose sistêmica, classificados pela causa.

A artrite reumatoide está diretamente ligada às articulações. “Ela é caracterizada pela inflamação nas articulações, o que causa a dor e também inchaço. Joelhos, tornozelo, cotovelo, ombro e dedos são alguns dos pontos que podem ser atingidos. Ela também pode atingir órgãos como coração e pulmão”, diz o especialista. É outra doença crônica que precisa de tratamento para alívio dos sintomas.

A fibromialgia traz dores por todo o corpo, incluindo as articulações. “É uma dor intensa, real, mas que não está ligada a inflamações ou outras alterações no organismo, o diagnóstico é basicamente clínico feito pelos sintomas, duração deles e queixa do paciente”, pontua Dr. Demétrio. Junto com a dor há uma fadiga, um cansaço frequente que muitas vezes incapacita a pessoa para realizar as atividades rotineiras. “Em geral, dores por mais de 3 meses e localizadas em pontos específicos são um sinal de que a pessoa está com fibromialgia”, descreve.

Outras doenças como lúpus, artrose e osteoporose pode provocar dores articulares. Se a dor é persistente, o especialista deve ser consultado. 

 

Convênios