Notícias

31/08/2020Artrose de joelho

Essa é uma patologia que apresenta diferentes sintomas. “A dor é o principal sintoma e mais comum de ser ouvido no consultório. Mas sensação de instabilidade, inchaço no local, limitação do movimento e crepitação na articulação do joelho também podem indicar a presença da artrose”, explica Dr. João Paulo Guerreiro, cirurgião do joelho na Uniorte.

Cerca 80% da população idosa tem algum grau de artrose. O tratamento da patologia, na maioria dos casos, não envolve cirurgia. “Atuamos em três frentes. Trabalhamos o fortalecimento da musculatura ao redor do joelho para reduzir a dor e estabilizar a articulação. As atividades de força e movimento são as mais indicadas e devem ser realizadas, exercício físico faz parte do tratamento da artrose e deve ser feito com supervisão. Outro ponto é reduzir a sobrecarga no joelho, com alterações na rotina e manutenção do peso adequado. Medicações também podem ser prescritas dependendo de cada caso”, detalha o ortopedista.

Medicamentos, como o anti-inflamatório, não devem ser usados indiscriminadamente. “Eles devem ser evitados e jamais usados de forma contínua”, alerta Dr. João Paulo.  

Para o correto diagnóstico da dor no joelho, é fundamental buscar ajuda de um profissional especializado.

Convênios