Notícias

12/08/2019Osteotomia corrige joelhos “tortos”

Ter os joelhos voltados para dentro (geno valgo) ou para fora (geno varo) por vezes é um incômodo não apenas estético como também pode provocar dores. A osteotomia é um procedimento indicado para pacientes que tem os joelhos valgo ou varo acima do esperado. Dr. João Paulo Guerreiro, ortopedista especialista em joelho da Uniorte, descreve que esta deformidade pode ser corrigida com a cirurgia. “A osteotomia é indicada para casos em que a artrose é localizada e inicial e acontece por conta de uma sobrecarga de um dos compartimentos do joelho. A osteotomia que corrige os joelhos varos geralmente é realizada na tíbia e a osteotomia para correção dos joelhos valgos geralmente é realizada no fêmur”, esclarece.

A dor é um dos sinais de indicação cirúrgica. “É sempre importante lembrar que não é normal sentir dor, se uma deformidade for acompanhada de dor ela deve ser avaliada por um especialista que indicará o melhor tratamento para cada caso, prevenindo a evolução do quadro”, pontua.

De acordo com ele, a cirurgia corretiva busca realinhar a perna e há técnicas menos invasivas que podem ser usadas. “O procedimento é feito utilizando técnicas cirúrgicas com cunhas de abertura, enxerto ósseo artificial e placas bloqueadas que fazem correções precisas. O pós-operatório é menos doloroso e a reabilitação é mais rápida”, completa.

A cirurgia geralmente é indicada para pacientes jovens ou adultos com artrose inicial e traz alívio da dor. “O paciente conviverá sem dor após a cirurgia de correção do eixo de carga dos membros inferiores por um período que é variável. O objetivo da osteotomia é retardar o avanço da doença. Entretanto, como a artrose é uma doença progressiva, pode acontecer de, mais adiante, necessitar de uma nova intervenção, neste caso a colocação de uma prótese total no joelho, mas este procedimento é indicado apenas em casos avançados de artrose”, conclui.

Convênios